Sobre

UNICIN

UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES CONSCIENCIOCÊNTRICAS INTERNACIONAIS

É a associação de pessoas físicas e jurídicas com interesses em comum, de caráter educacional, científico, multidimensional, transnacional, sem fins de lucro, interassistencial e universalista, regida por estatuto específico e pelas normas legais pertinentes, fundada em Foz do Iguaçu, em 22 de janeiro de 2005, com o objetivo de promover a integração da Comunidade Conscienciológica Cosmoética Internacional (CCCI) favorecendo a maxiproéxis grupal.

Representação

Representa a Comunidade Conscienciológica Cosmoética Internacional – CCCI, as Instituições Conscienciocêntricas – ICs, o Voluntariado Conscienciológico e o paradigma consciencial, perante a Sociedade Intrafísica (SOCIN). Sendo instituição parapolítica lhe cabe implementar a pesquisa teática de sua atuação enquanto célula do Estado Mundial.

Atribuições

Seu trabalho consiste essencialmente em apaziguamento de ânimos contraditórios aos propósitos intermissivistas dos grupos da Conscienciologia, procurando criar oportunidades para emergir o melhor das consciências, vinculando-as às proéxis grupais e ao propósito comum de Reurbanização Consciencial.

Assegurar a continuidade e expansão do paradigma consciencial através de múltiplas atividades de ensino, pesquisa e extensão, favorecendo a vivência grupal dos princípios basilares da ciência, efetivando a ciência Conscienciologia e suas especialidades.

Preservar a Holomemória da Conscienciologia, da CCCI, das ICs e do Voluntariado Conscienciológico e ao mesmo tempo ser fulcro sinérgico e catalisador destinado a harmonizar a ação de seus associados, voluntários, ICs e OCs, visando o atacadismo consciencial.

Propiciar a ambiência favorável ao debate, para que grupos diferentes possam ouvir uns aos outros, respeitar opiniões divergentes e comporem com os trafores (traços forças) pessoais e grupais as decisões mais assertivas em termos interassistenciais, multidimensionais e multiexistenciais.

 

Materpensene Megafraternidade

 

Especialidades

  • Parapoliticologia. É a IC da articulação política na CCCI responsável por criar canais de interlocução entre os diferentes agrupamentos, por meio de acordos, tratados, consignas grupais, atas assistenciais, pareceres técnicos, orientações técnicas e outros meios, embasada no princípio cosmoético de “que aconteça o melhor para todos”, é apartidária em sua essência e em sua teática.
  • Paradiplomaciologia. Atua como “ouvidoria” das necessidades evolutivas pessoais e grupais, procurando atuar prioritariamente na profilaxia dos conflitos e fundamentalmente na convergência de interesses, aptidões e trafores em prol do completismo da maxiproéxis grupal. Este objetivo muitas vezes se torna verdadeiro desafio, relevante e oportuno, frente aos diversos traços holobiográficos e pluriexistenciais dos integrantes da CCCI.
  • Conscienciocentrologia. Atua no acolhimento, orientação, encaminhamento e acompanhamento de Pré-ICs, ICs e OCs, objetivando promover a convergência de interesses e o sinergismo interassistencial nas diversas áreas de atuação destes.
  • Extrafisicologia. Cabe aos conscienciólogos, notadamente parapsíquicos, aprofundar estudos de como se processa a interação extrafísica com a intrafísica, identificando qual nível de influência e de impacto na conduta consciencial visando ampliar a conectividade com equipes extrafísicas de amparadores e potencializar as ações assistenciais na intrafisicalidade.

Signa da UNICIN

A signa da UNICIN retrata a dinâmica do maximecanismo institucional, ao modo de engrenagens interassistenciais, onde todos são importantes, necessários, vitais para o funcionamento e a tão almejada perenidade da Conscienciologia em sua essência.

A UNICIN contempla a conjunção de Organismos Conscienciocêntricos, ICs, Pré-ICs, Condomínios Conscienciológicos, Empresas Conscienciocêntricas, Colégios Invisíveis, Grupos de Trabalho, grupos de Pesquisas, Conselhos, Colegiado, Comitês, Comissões, projetos suprainstitucionais e projetos institucionais, propiciando um ambiente favorável ao grupo evolutivo conscienciológico, rumo ao completismo existencial da maxiproéxis grupal. E, na dinâmica contínua da Interassistência, preserva a tessitura delicada e multidimensional da Comunidade Conscienciológica Cosmoética Internacional – CCCI.

 

Código Grupal de Cosmoética – CGC

O Código Grupal de Cosmoética é o conjunto de normas de conduta coletiva embasado no discernimento, na responsabilidade, na integridade, na equidade e no respeito à individualidade, proposto e cumprido por grupos de conscins e / ou consciexes afins nas múltiplas dimensões de manifestações, a partir do maximecanismo interassistencial.

Cláusulas do CGC da UNICIN

  • Pontualidade. Chegar com antecedência de 15 minutos ao horário agendado, para que o equilíbrio das energias pessoais e a harmonização íntima otimizem a interassistência nos compromissos da UNICIN.
  • Traforismo. Reconhecer os trafores das consciências e instituições, visando o empoderamento e a conquista da interconfiança nas relações.
  • Prioridade. Comunicar de modo permanente com clareza a sequência de realizações das demandas prioritárias da UNICIN.
  • Coragem. Posicionar-se de modo franco, autêntico e coerente, com rapport multidimensional, independentemente de posições divergentes no grupo, assumindo a autonomia cosmoética.
  • Abertismo. Atuar com abertismo e neofilia cosmoética, valorizando opiniões divergentes, com a técnica da exaustividade, para qualificação das decisões.
  • Proatividade. Fazer acontecer, empregando a iniciativa pessoal, a partir de reflexão consensada pelo grupo, priorizando a interassistência.
  • Ortopensenidade. Eliminar a ruminação mental e praticar o sigilo pensênico fora do ambiente institucional, pautando-se na organização mental cosmoética.
  • Assertividade. Praticar a comunicação interpessoal objetiva, escutando empaticamente, com feedbacks interassistenciais, qualificando as inter-relações pessoais e grupais.
  • Inovação. Ter ousadia evolutiva no exercício do voluntariado conscienciológico criando neo-oportunidades interassistenciais.

 

Estatuto Social

Para acessar o estatuto da UNICIN clique no link abaixo. Pode inclusive, realizar o donwload  do arquivo.

Estatuto Social UNICIN – 17.04.2018

Voluntários

Minipeças do Maximecanismo

Polyana Colucci
Secretária-Geral

Polyana Colucci

Luiz Gonçalves
Comitê de Paradiplomacia

Luiz Gonçalves

Pedro Gomes
Comitê de Paradiplomacia

Pedro Gomes

Júlio César
Comitê de Assuntos Internacionais

Júlio César

Márcio Schunemann
Comitê de Conscienciocêntrico

Márcio Schunemann

Sérgio Oliveira
Comitê de Planejamento e Projetos

Sérgio Oliveira

Vacante
Comitê Administrativo

Vacante

Jair Rangel
Comitê Administrativo
Setor: Comunicação

Jair Rangel

Elisabethe Domingues
Setor: Comitê Eventos

Elisabethe Domingues

Giovanna Possatto
Comitê Administrativo
Setor: Eventos

Giovanna Possatto

Sônia Ribeiro
Comitê Administrativo
Setor: Financeiro

Sônia Ribeiro

Francineide Afonso
Comitê Administrativo
Setor: Protocolo

Francineide Afonso

Jussara Ramos
Setor: Publicações

Jussara Ramos

Helena Araújo
Comitê Administrativo
Setor: Publicações

Helena Araújo

Isabel Manfroi
Comitê Administrativo
Setor: Voluntariado

Isabel Manfroi